|
Educadores
Cadastre-se para registrar os seus relatos de experiência com o uso de curtas-metragens em salas de aula e concorrer a prêmios para você e sua escola.
Filmes
Filtrar por

Comentários
O Mundo é uma Cabeça

Documentário | De Bidu Queiroz, Cláudio Barroso | 2004 | 17 min | PE

16 Comentários
Por Lucas Malta de Campos - Usuário | 24/11/2014

Muito bom!
Por CLOVIS ROBERTO BARBOSA - Usuário | 03/04/2013

CARA FALAR SOBRE O MOVIMENTO MANGUE BEAT É SIMOLESMENTE SURREAL, ESSE MOVIMENTO DERRAMA LAGRIMAS DOCES PELA PERDA DO SEU HERÓI DE CAPA DE STRELAS. CHICO VIVE, CHICO FOREVER. fui.................
Por Denise Marques - Usuário | 18/08/2012

Chico gênio da música brasileira que faz uma falta danada!!!Ninguém substitui o Chico, não tem jeito!!!!
Por Alexandre Nuñez Tardin - Usuário | 05/07/2012

Raizes musicais brasileiras. Cultura do mangue. Belas mensagens ecológicas. Parabéns, Recife!!! Além de ser bastante cultural, gostei muito da frase de Chico Science: "Um passo à frente e você não está mais no mesmo lugar." A mais pura verdade.
Por Diogo Reggiani - Usuário | 24/04/2012

Excelente! Saudades desse fela!
Por Wagner Constantino - Usuário | 28/01/2010

O movimento Manguebeat criou um hibridismo que universalizou os rítmos nordestinos! Quem não se rende a esse som? Que orgulho tenho de Chico Science e Nação Zumbi!
Por Everson Diniz - Usuário | 28/01/2010

Viva o Rock, Viva o Manguebeat, Viva Chico Science e toda a Nação Zumbi
Por Sandra Januário dos Santos - Exibidor | 28/01/2010

Chico é o melhor!!
Por Ricardo Siqueira - Usuário | 28/01/2010

Importante registro sobre a a vida de Chico e do movimento mangue beat, que trouxeram informações sobre a cultura do nordeste (desconhecida aqui no sul)junto com a modernidade da globalização feita com extrema qualidade musical.
Por Joanice Sampaio - Usuário | 28/01/2010

O Mundo é uma Cabeça lança ao público e à posteridade um retrato do mangue-beat. Feito em boa hora, pois o movimento precisa estar sendo mostrado, para ser entendido, mostrar não apenas a importância artística, mas a questão sócio-cultural do Recife, do nordeste e do Brasil.

Páginas: 1 2