|

Pessoas conectadas nos últimos 20 minutos: 68 { professores: 0 | usuários com coleções públicas: 0 }

Educadores
Cadastre-se para registrar os seus relatos de experiência com o uso de curtas-metragens em salas de aula e concorrer a prêmios para você e sua escola.
Filmes

Antes que o sol se ponha...


Plano de Aula do Filme Morte. | Ficção | De José Roberto Torero | 2002 | 15 min | SP


Da morte não tenho lembranças... Tive contatos esporádicos com ela e por motivos vários, os quais não quero compartilhar, guardei distância, tanto no que é mais consciente quanto no inconsciente de meu ser. Sei que significa perda. Associo igualmente a chama que se apaga. Penso também que sua chegada prenuncia o fim. Mas que final é esse? Para onde vamos? Será que vamos a algum outro lugar? Na dúvida, penso que é preciso viver, com intensidade, tudo o que há para se viver, antes que o sol se ponha...




Objetivos
Discutir a morte, a partir da prerrogativa de que a cada dia que passa caminhamos muito claramente para a morte sem saber ao certo quando ela chegará. Ficar esperando de braços cruzados não é a fórmula, por isso mesmo, para conviver melhor com esta perspectiva certeira quanto às nossas existências, o melhor é compreender, administrar e saber, que ainda não conseguimos fórmulas que nos permitam burlar a morte...

Situação Didática
Inicie a conversa em aula perguntando a todos o que fariam se tivessem apenas um último dia de vida pela frente. Anote as respostas na lousa.

Pergunte então qual sua compreensão da morte. Traga pensamentos de filósofos, escritores e personalidades várias sobre a morte.

Apresente então o filme. Peça que com base no que discutiram, viram ou ouviram que façam um roteiro de curta-metragem que tenha o título semelhante a produção apresentada, ou seja, Morte.Como seria?

Proponha produção de filmes curtos, de no máximo 1 minuto abordando a temática e utilizando tais roteiros.

Comentários
Viva enquanto há tempo. Cada minuto que temos é valioso. Matéria-prima fundamental que se esgota, em determinado momento se extinguirá por completo e nosso ciclo estará fechado. E o que você está fazendo de sua vida? É o que realmente quer? Está levando adiante seus sonhos? Ou vive um cotidiano que oprime, baseado nas realizações de outros? Será que já morreu em vida e não percebeu, porque também há esta possibilidade, ou seja, que a morte chegou mais cedo do que pensava e você não se deu conta disso! Viver é a melhor resposta! Então, vá e viva!