|
Educadores
Cadastre-se para registrar os seus relatos de experiência com o uso de curtas-metragens em salas de aula e concorrer a prêmios para você e sua escola.
Filmes
Filtrar por

Despertando nas crianças o espírito investigativo


Plano de Aula do Filme Minhocas | Animação | De Paolo Conti | 2006 | 15 min | SP


A escola deveria ser
o local dos questionamentos e descobertas, por ser o espaço formal para compartilhar o conhecimento adquirido pela humanidade. No entanto, muitas vezes,
temos nos currículos as apostilas e um rol de conteúdos a serem dados de maneira fragmentada, sem atender as curiosidades de nossos alunos. Matar a curiosidade, o desejo pela descoberta talvez seja um dos maiores desafios que nós, educadores, vivemos. Com certeza não é fácil relacionar o desejo de conhecimento dos alunos com nossos currículos. O que seria mais sábio? Reformular os currículos ou agir direto na fonte, aniquilando a curiosidade dos alunos com longos questionários e provas? E acabamos por prosseguir ignorando as perguntas como diz
Rubem Alves:
"Se você reparar, as crianças fazem perguntas incríveis para conhecer melhor o mundo. Uma delas é: ""Quem inventou as palavras?"". Há outras boas: ""Gato podia chamar cavalo e cavalo chamar gato? Por que canteiro chama canteiro? Devia chamar planteiro, que é onde ficam as plantas! Por que a chuva cai aos pinguinhos e não toda de uma vez? Se na Arca de Noé havia leões, por que eles não comeram os cabritos?"" E por aí vai. Elas estão fazendo perguntas interessantes, mas as respostas não se encontram nos programas."
Vivemos hoje a chamada era da informação. Nesse contexto, deveríamos preparar nossos alunos para aprender a aprender, para que saibam selecionar informações e transformá-las em conhecimento. Para tal deveríamos negar o reprodutivismo, a "decoreba".
Como o curtas Minhoca apresenta a discussão sobre o que fazer com a curiosidade desmedida das crianças, pode ser um ótimo disparador para boas questões, para atividades de olhar o mundo com desejo de conhecê-lo, assim como a pequena minhoca do filme.
A reflexão está posta! Não há receitas prontas, há caminhos a serem descobertos, discutidos, compartilhados e avaliados. De acordo com o dicionário Houaiss, curiosidade é: "Desejo intenso de ver, ouvir, conhecer, experimentar alguma coisa nova, original, pouco conhecida ou da qual nada se conhece."
Que nós educadores tenhamos a coragem de resgatar nossa curiosidade que tenhamos a coragem de queres saber o que acontece lá em cima, lá embaixo, aqui do lado... Vamos começar com as "Minhocas"?
Afinal, quantas "minhoquinhas" há nas cabeças de nossos alunos, prontas para saírem e ganharem o mundo! O resultado disso podem ser aulas interessantes, pesquisas efetivas, alunos protagonistas e muita informação se transformando em conhecimento na escola.




Objetivos
==> Despertar nas crianças um espírito investigativo, aprofundando conhecimentos partindo do senso comum
==> Validar procedimentos de pesquisa com ações contextualizadas e perguntas desafiadoras
==> Socializar os conhecimentos construídos através de linguagem artística
==> Resgatar uma técnica artística, o Teatro de Sombras.

Situação Didática
1. Reunir os alunos para leitura do livro "A curiosidade premiada" de Fernanda Lopes de Almeida

Esse livro conta a história de Glorinha, uma menina que não se cansa de fazer perguntas, o que incomoda muita gente, até encontrar uma pessoa que é capaz de entendê-la.

2. Discutir com os alunos se já passaram por situações semelhantes a da Glorinha.

3. Apresentar o filme "Minhocas", que também conta a história de uma personagem muito curiosa.

4. Discutir as situações apresentadas pelo filme.

5. Fazer um quadro das questões trazidas pelos alunos Eles também podem pesquisar na Internet alguns sites que apresentam algumas questões interessantes.

6. Ouvir a música "Oito anos" de Adriana Calcanhoto (Anexo 1) para nutrir os alunos com algumas questões.

7. Elencar sete questões dentre as que formarão o quadro de perguntas que serão pesquisadas pelos alunos.

8. Organizar grupos de 4 a 5 alunos para realizar a pesquisa. Propor que os alunos pesquisem em livros e na Internet sobre a questão eleita pelo grupo. Por exemplo: Por que às vezes chove gelo do céu?

DICA: Neste passo da seqüência didática, é importante que o professor:
- parta de questões, pois pesquisas do tipo: "Pesquise sobre a água" não oferecem indícios sobre o que buscar especificamente
- discuta com os alunos a importância de uma pesquisa e não somente o "copiar e colar" textos
- possibilite a socialização do conhecimento adquirido.

9. Desafiar os alunos a apresentarem o resultado de suas pesquisas através da técnica de teatro de sombras.

10. Pesquisar sobre teatro de sombras.

DICA: O teatro de sombras é uma arte muito antiga, originária da China, de onde se espalhou para o mundo, sendo atualmente praticada regularmente por grupos de mais de 20 países.

A lenda de sua origem

Existe uma lenda chinesa a respeito da origem do teatro de sombras. Diz a lenda que no ano 121, o imperador Wu Ti, da dinastia Han, desesperado com a morte de sua bailarina favorita, ordenou ao mago da corte que a trouxesse de volta do "Reino das Sombras", caso contrário, seria decapitado.
O mago usou a sua imaginação e através de uma pele de peixe macia e transparente, confeccionou a silhueta de uma bailarina. Quando tudo estava pronto, o mago ordenou que no jardim do palácio, fosse armada uma cortina branca contra a luz do sol e que esta deixasse transparecer essa luz.
Houve uma apresentação para o imperador e sua corte. Esta apresentação foi acompanhada de um som de uma flauta que "fez surgir a sombra de uma bailarina movimentando-se com leveza e graciosidade". Neste momento, teria surgido o teatro de sombras.
Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Teatro_de_sombras acesso no dia 29 de Março de 08

11. Transformar a pesquisa realizada por cada grupo em um roteiro para o teatro de sombras. O professor deve fazer intervenções nos grupos durante a atividade para que o objetivo seja atingido com êxito.

12. Planejar um cronograma das apresentações com os alunos.

13. Registrar individualmente após cada apresentação o que o aluno aprendeu com a apresentação do Teatro de Sombras do grupo. Essa atividade é importante para mensurar o que cada aluno aprendeu com a socialização do colega.

14. A classe pode construir um quadro das possíveis pesquisas posteriores com as novas perguntas que surgirem no decorrer do processo. Dessa forma abre-se um espaço para a investigação e pesquisa contínua.

DICA: Os alunos podem filmar as apresentações, e editarem em MOVIE-MAKER, e após previa autorização dos pais, podem publicar seus vídeos no Youtube. Caso, não seja possível filmar, pode-se fotografar e fazer um clip através do programa PHOTO-STORY. Ambos os programas fazem parte do Pacote Office.


Comentários
Avaliação:

 O envolvimento de cada aluno nas propostas.
 O desenvolvimento do trabalho em equipe.
 Relação entre a pesquisa e o produto final apresentado
 Produção individual sobre a aprendizagem de cada apresentação.

Saiba mais em:

Site Brincando com ciência-
http://www.on.br/site_brincando/conteudo/experiencia/pagina_experiencia.html apresenta jogos, experiências, piadas e curiosidades sobre temas como, por exemplo: por que o céu é azul e no pôr de sol alaranjado?

Site Pulga na idéia-
http://www.pulganaideia.com.br/ Apresenta diversos links sobre ciências.

Site Ciência hoje para crianças-
Site com diversas matérias sobre ciência voltadas para o publico infantil.
http://cienciahoje.uol.com.br/418

Artigo da Nova Escola que conta uma experiência com Teatro de sombras-
http://revistaescola.abril.com.br/edicoes/0181/aberto/mt_64298.shtml

Vídeo de teatro de sombras com as mãos.
http://br.youtube.com/watch?v=ClSG4OlAJZA

Vídeo de teatro de sombras- dança
http://br.youtube.com/watch?v=jmrEgVAySzM&feature=related

Site do Daniel Azulay- que ensina a fazer teatro de sombras, inclusive com imagens.
http://www.futura.org.br/azueladoazulay/azueladabrincadeira_body.htm


Anexo 1-

Oito Anos - Adriana Calcanhoto
Dunga / Paula Toller

Por que você é Flamengo
E meu pai Botafogo
O que significa
"Impávido colosso"?

Por que os ossos doem
enquanto a gente dorme
Por que os dentes caem
Por onde os filhos saem

Por que os dedos murcham
quando estou no banho
Por que as ruas enchem
quando está chovendo

Quanto é mil trilhões
vezes infinito
Quem é Jesus Cristo
Onde estão meus primos

Well, well, well
Gabriel...

Por que o fogo queima
Por que a lua é branca
Por que a terra roda
Por que deitar agora

Por que as cobras matam
Por que o vidro embaça
Por que você se pinta
Por que o tempo passa

Por que a gente espirra
Por que as unhas crescem
Por que o sangue corre
Por que a gente morre

Do que é feita a nuvem
Do que é feita a neve
Como é que se escreve
Reveillon

Fonte: http://vagalume.uol.com.br/adriana-calcanhoto/oito-anos.html acesso no dia 29 de março de 08