|
Educadores
Cadastre-se para registrar os seus relatos de experiência com o uso de curtas-metragens em salas de aula e concorrer a prêmios para você e sua escola.
Filmes
Filtrar por

Quando for domingo


Plano de Aula do Filme A Invenção da Infância | Documentário | De Liliana Sulzbach | 2000 | 26 min | RS


Será que quando for domingo, todas as famílias do Brasil terão seu momento de lazer, descanso e comunhão? A realidade de lugares menos desenvolvidos vem à tona a partir do filme "A invenção da infância", denunciando um fato que há muito tempo assola nosso país a violação do principal direito da criança e do adolescente: a educação.






Objetivos

Informar sobre os direitos da criança e do adolescente, a partir do ECA.


Desenvolver habilidades em apresentações orais.


Integrar a turma a partir dos trabalhos.


Estimular a pesquisa.



Situação Didática
Etapa 1:

Breve apresentação do tema e exibição do filme "A invenção da infância"


Etapa 2:

O professor poderá sugerir que os alunos escrevam em poucas linhas, suas impressões sobre o filme em um pedaço de papel.


Etapa3:

Com o trabalho produzido pelos alunos, o professor poderá mediar um debate com base nos direitos da criança e do adolescente (ECA), fazendo uma explanação a partir das impressões dos alunos.


Após a primeira conversa sobre o nosso Estatuto, o professor poderá iniciar uma pesquisa dos direitos das crianças em países desenvolvidos e subdesenvolvidos, fazendo relação com os direitos no Brasil. O importante é que sejam pesquisados no mínimo dois países distintos.


Dica: se a instituição disponibilizar laboratório de informática a pesquisa será mais eficiente.


Etapa 4:

Após a pesquisa e discussão sobre as diferenças de outras culturas os alunos, separados em grupos deverão trazer uma reportagem de jornal ou revista (de qualquer data) com algum caso que eles percebam que os direitos da criança e do adolescente não foram cumpridos, esse trabalho deverá ser apresentado para a sala no formato de um seminário, contando para os demais colegas sobre a situação e (se houver) o desfecho dela.


Obs: caso a matéria trazida pelo grupo não tenha tido uma solução legal, eles deverão anexar à pesquisa uma proposta de solução para o fato.


Avaliação:

Análise do trabalho de pesquisa em jornais ou revistas, com notícias de crianças que tiveram seus diretos lesados.


Texto escrito sobre uma reflexão de quais intervenções os poderes públicos poderiam tomar para solucionar esses casos.


Análise da participação dos alunos durante o debate.



Comentários
Para saber mais:

Bemvindo ao Mundo - Porque Pobreza?

Vivendo a Adolescência


Vídeo sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente produzido pelo Centro Integrado de Aprendizagem em Rede da Universidade Federal de Goiás para os cursos de Especialização em Educação para a Diversidade e Cidadania e de Extensão Estatuto da criança e do adolescente:

Estatuto da Criança e do Adolescente - UFG


Referências bibliográficas:

KINDERSLEY, Anabel e Barnabas - "Crianças como você, uma emocionante celebração da infância no mundo" - Ed. Ática SP- 2008.


SOUZA, Maurício de. A Turma da Mônica em: O Estatuto da Criança e do Adolescente. Ed. Maurício de Sousa, São Paulo, 1993.


PRIORE, Mary Del. História das crianças no Brasil, Ed. Contexto. São Paulo, 1999.



Pedagogo Autor do Plano de Aula
Filipe Macedo


Formação: Ator, contador de histórias e educador - Cursando a Pós Graduação Lato Sensu "A Arte de Contar Histórias - abordagens poéticas, perfomáticas e literárias" pela Facon, graduado em Tecnologia de Produção Audiovisual pelo Centro Universitário Anhanguera, com formação Técnica em Artes Dramáticas pelo Senac, especializado em Libras (Língua Brasileira de Sinais) pelo Instituto Peniel .
Atividades Profissionais: Consultor pedagógico do Instituto Paramitas, Educador de Comunicação na Cepac Barueri (Associação para proteção de crianças e adolescentes), Mestre e Contador de Histórias na escola Lumiar SP, Orientador Socioeducativo no Programa Jovens Urbanos da Fundação Itaú Social, Educador de Teatro na Associação Eremim - Osasco SP, diretor da Companhia de Investigação Teatral Minha, Nossa.
Nível: Ensino Superior