|
Educadores
Cadastre-se para registrar os seus relatos de experiência com o uso de curtas-metragens em salas de aula e concorrer a prêmios para você e sua escola.
Filmes
Filtrar por

Somos todos resultado e agentes transformadores de cultura.

Filme Utilizado Maré Capoeira | Ficção | De Paola Barreto Leblanc | 2005 | 14 min | RJ



Data da Experiência:22/10/2008

Disciplina(s): Artes , História

Nível de ensino da turma*: Ensino Fundamental II

Faixa etária da turma*: de 10 a 14 anos

Nº de alunos que assitiram esta sessão:35

Autor do relato:Jaqueline M Pereira de Souza

Instituição:EE GODOFREDO RANGEL
| MG | TRES CORACOES
| Estadual
Objetivos do uso do filme
Conceituar povos africanos, escravidão, quilombos e cultura; relacionar a desigualdade social e a participação dos povos africanos no processo de colonização com a situação dos seus descendentes hoje; reconhecer no escravo africano um veículo de cultura e mão de obra especializada no período colonial; reconhecer a contribuição dos diversos povos africanos para a formação étnica e cultural do povo brasileiro; valorizar e participar na preservação do patrimônio histórico e cultura afro.

Sequência de atividades envolvendo o filme
Apresentação do Projeto"curta na Escola", ressaltando a importância da iniciativa da Petrobrás no que diz respeito ao Desenvolvimento Sustentável, Preservação do Patrimônio Histórico e Incentivo à Cultura,relacionando a Petrobrás com o Projeto "Água e Energia: pilares das Civilizações",desenvolvido nas aulas de história esse ano; apresentação da Sinópse do Curta "Maré Capoeira"; assistimos ao Curta e DVD; conversa sobre o Curta relacionando com o cotidiano dos alunos e o assunto "Povos Africanos " mas não somente pelo prisma da escravidão, tão visada e ressaltada há tanto tempo,mas principalmente dando finalmente e por justiça o valor as contribuições econômicas, culturais e étnicas que as mudanças de mentalidade exigem; análise de ilustração dos africanos em diversas situações e períodos(Internet); trabalho na Oficina de Música dos estilos de orígem africana: Reggae e Samba; confecção de histórias em quadrinhos, criadas a partir do Curta(duplas); entrevista com os mais velhos do bairro sobre a origem de suas famílias(individual); convide a um Grupo de Capoeira para se apresentar na Escola no dia da Mostra Cultural com a presença da comunidade(final do Bimestre); palestra sobre "História dos Africanos e descendentes"; apresentação dos trabalhos na Mostra Cultural da Escola; divulgação do site Curta na Escola e dos trabalhos no Site da escola.

Comente os resultados da experiência
Normalmente nesta faixa etária os alunos ainda não tem muita percepção da seriedade dos fatos, provavelmente isso tenha favorecido a abordagem do tema preconceito.O curta é alegre e desperta o interesse, talvez pela narrativa do próprio "Maré", personagem encantador ecom um contexo que tem tudo a ver com os meninos da escola. Foram cativados desde o princípio,alguns dizendo que gostaram do "gingado", outros do cenário (mar) e ainda teve alguns que quiseram saber mais sobre a Capoeira e a cultura dos Africanos. Disseram que podia passar na novela e que é muito bom saber que tem crianças assim felizes como são. Debatemos sobre "O que sou? O que quero ser?" e teve alunos que mostraram interesse na Capoeira. Quando falei da importância de valorizar as pessoas mais velhas, com seus dialetos e valores, alguns se sensibilizaram porque provavelmente isso não vinha acontecendo. A experiência foi satisfatória e surpreendente. A pedido dos alunos continuaremos trabalhando os demais CURTAS.