|
Educadores
Cadastre-se para registrar os seus relatos de experiência com o uso de curtas-metragens em salas de aula e concorrer a prêmios para você e sua escola.
Filmes
Filtrar por

Biografia de um Sertanejo

Filme Utilizado Patativa | Animação, Documentário | De Ítalo Maia | 2001 | 10 min | CE



Data da Experiência:13/09/2012

Disciplina(s): Geografia , Língua Portuguesa

Nível de ensino da turma*: Ensino Fundamental I

Faixa etária da turma*: de 10 a 14 anos

Nº de alunos que assitiram esta sessão:22

Autor do relato:Ana Paula Barbosa Castro Cambr

Instituição:EM TEREZINHA NIVIA DE OLIVEIRA LOPES
| MG | IPATINGA
| Municipal
Objetivos do uso do filme
Procurando trabalhar de forma interdisciplinar com as disciplinas Geografia e Língua Portuguesa, os objetivos propostos foram:  - Localizar no mapa do Brasil a região geográfica retratada, segundo o IBGE;  - Identificar as subdivisões da região nordeste;  - Correlacionar o clima, relevo e vegetação do bioma Caatinga com o modo de vida do sertanejo e com a biografia do poeta popular Patativa do Assaré;  - Caracterizar os gêneros: Biografia e Poesia Popular;  - Diferenciar linguagem padrão e linguagem popular, valorizando a segunda e identificando situações onde o uso da primeira é indispensável.

Sequência de atividades envolvendo o filme
Previamente, a turma havia construído a caracterização das regiões brasileiras, segundo o IBGE. 1º Desafiei-os para que identificassem a região geográfica retratada no curta "Patativa", antes de assistirem ao curta- metragem. 2º Promovemos um debate acerca das marcas cenográficas que ajudaram na identificação da região; discutir as técnicas de animação utilizadas e como o roteiro retratava a vida do sertanejo e poeta. 3º Assistimos novamente ao curta, com olhar mais apurado pelos questionamentos feitos. 4º Fizemos a leitura em grupos do roteiro do curta. Os alunos identificaram as rimas utilizadas. Relacionaram a obra do poeta ao gênero Poesia Popular. 5º Fizeram a leitura e interpretação da letra da música "Vaca Estrela e Boi Fubá", mencionada no curta. Identificaram o emprego de linguagem popular e fizeram a transposição de uma estrofe para linguagem padrão. Como desdobramento pretendo escrever livrinhos de cordel com a biografia dos alunos, após caracterizar esses dois gêneros textuais.

Comente os resultados da experiência
A utilização de recursos audiovisuais não é novidade para essa turma e, mesmo assim, a empolgação dos alunos foi grande. Depois de alguns contratempos com a velocidade da conexão, o curta foi bastante apreciado e os alunos identificaram com facilidade o cenário do sertão nordestino e as características do bioma que já haviam estudado. Ficaram intrigados com o uso de caricaturas nas animações, principalmente com o bebê que nascia com rosto de velho. Impressionaram-se com a construção de pau-a-pique da casa em que o poeta nasceu. Perceberam que o roteiro foi feito em forma de poesia e que todos apreciavam a obra de Patativa, da criança ao roqueiro. Todos queriam opinar e participar do debate. Ao fazermos a interpretação do roteiro escrito, ficaram curiosos com "A Vaca Estrela e o Boi Fubá". Apresentei-lhes, então, a música criada pelo poeta e os alunos reconheceram parte da letra no roteiro do curta. Identificaram marcas da linguagem popular e reescreveram uma estrofe em linguagem padrão. Terminamos a aula cantando juntos a melodia aprendida. Ao solicitar uma avaliação do uso dos recursos audiovisuais nas aulas, os alunos fizeram as seguintes colocações: "É legal ver os vídeos porque facilita entender a matéria"; "Gosto de assistir filmes, porque eu aprendo mais ainda"; "Facilita pra gente e pra você, professora, ficar só copiando não dá muito certo"; "Nas provas, a gente vai lembrando dos vídeos e acerta mais as questões"; "Sempre tem brincadeiras, experiências, que a gente entende mais. Gostei muito da música." Enfim, a aula foi proveitosa e estimulante, concretizando aprendizagens e abrindo novos horizontes para alunos de uma comunidade carente, que de outra forma não teriam como conhecer lugares e modos de vida diferentes dos seus. Ampliamos vocabulário, conhecimento de mundo, possibilidades...